Deixe seu comentário

Fechar
Enviar
  • 05

    jan

    0

    Confiança do consumidor segue estável em janeiro

    Índice Nacional de Expectativa do Consumidor mostra preocupação menor com o desemprego.

     

     

    A confiança do consumidor permaneceu estável pelo segundo mês consecutivo. O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC), medido pelo IBOPE Inteligência e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), cresceu apenas 0,2% frente ao registrado em dezembro de 2011. O índice está em patamar elevado na comparação com a série histórica, mas o otimismo já foi maior: o INEC de janeiro de 2012 é 1,5% inferior ao registrado no mesmo mês do ano passado.

     

    Ao analisar os componentes do INEC em janeiro de 2012, nota-se que a preocupação com o desemprego, que vinha aumentando nos últimos dois meses, diminuiu. O índice de expectativa de evolução do desemprego, que acumulou queda de 5,4% entre outubro e dezembro de 2011, aumentou 5,1%. Ainda assim, o índice é 3,0% inferior ao registrado em janeiro de 2011.

     

    Os consumidores também mostraram melhora em relação a sua situação financeira e endividamento, já que os dois índices cresceram na comparação com dezembro. O índice de endividamento, no entanto, permanece inferior ao registrado em janeiro do ano passado.

     

    Já a preocupação com a inflação continua elevada. O índice de expectativa de evolução da inflação está 4,3% abaixo do registrado em dezembro de 2011 e 7,5% abaixo do observado em janeiro do último ano.

     

    Você pode baixar o relatório completo no site do IBOPE: Clique aqui!

    Amplitude Web - Consumidor.

    Fonte: IBOPE

    Comentar
    Ler comentários
    Compartilhar
 
  • Fale Conosco
  • Trabalhe Conosco
  • Solicite um orçamento
  • Indique esse site
  • facebook